Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

É inegável que os pais influenciam alguns comportamentos de seus filhos, por isso, a sua postura é fundamental para que seu filho mantenha distância do álcool e dos seus riscos.

Confira atitudes simples que podem ajudar:

1. Não ofereça bebida alcóolica em casa

Sabia que crianças e adolescentes que bebem dentro de casa tendem a beber também fora?

_ Por isso, não ofereça bebida para seu filho nem o deixe provar se for menor de idade _ sugere André Brooking Negrão, psiquiatra.

O mesmo vale para festas de aniversário: em festas de adolescentes, não permita que tenha álcool: lembre-se que você será responsável pelos colegas de seu filho quando eles estiverem em sua casa! Se seu filho insistir para você liberar álcool na festinha dele, explique sobre a lei e sobre a importância de respeitá-la.

2. Regras claras

Deixe sua opinião sobre álcool clara.

_ Quando a regra é clara de não beber precocemente, ainda que experimentem, os jovens não costumam pegar pesado no uso _ conta Negrão.

_ Converse sobre o assunto, não apenas cobre atitudes _ acrescenta Tiago Corbisier Matheus, psicanalista e doutor em Psicologia Social pela PUC-SP e membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae.

3. Dê o exemplo

De nada adianta deixar sua opinião clara se você não der o exemplo. Por isso, não fale, faça. Procure não ficar bêbado na frente dos filhos. Mostre que bebe apenas em ocasiões especiais. Além disso, jamais dirija embriagado!

4. Atenção às amizades

Conheça as regras e posturas nas casas dos amigos. Saiba o que acontece nos ambientes que seu filho frequenta e procure conversar com ele, sem brigar, sobre as diferenças entre as regras dos outros pais e as suas. Tenha a escola como aliada, caso enfrente algum problema.

5. Seja um pai com autoridade e não autoritário

Quer saber qual é a diferença? Negrão classifica a existência de quatro tipos de pais:

  • autoritários: que são disciplinadores, mas não têm muito contato afetivo;
  • permissivos: não impõem controle nem disciplina, mas são muito afetuosos;
  • negligentes: não impõem disciplina e também não são afetuosos;
  • com autoridade: são rigorosos na disciplina, mas também bastante afetuosos;

6. Cumpra as leis do país

É importante que você mostre para seu filho a importância de viver de acordo com as leis do país. Por isso, denuncie estabelecimentos que vendem bebidas para menores de 18 anos e jamais mande seus filhos comprarem cigarro ou bebida por você.


Fonte: Educar para crescer

Anúncios